Monte Novo e Figueirinha

VINHOS RICOS EM SABOR

VINHOS

Monte Novo e Figueirinha

Construída em 2003, a Adega da Figueirinha situa-se na Herdade, junto à vinha, o que permite um reduzido tempo entre a colheita da uva e a sua transformação, fator importantíssimo na qualidade dos vinhos produzidos.

Equipada com a mais moderna tecnologia, efetua a vinificação em lagares mecanizados, onde o processo de remontagem do mosto recorre a pás de imersão pneumáticas, que permitem uma melhor homogeneização da manta, sem esmagar as películas e as grainhas. Por outras palavras, apenas retiram da uva o que estas têm de melhor.

A adega está dimensionada para uma produção anual de 1,5 milhões de litros de vinho, entre a produção de marcas próprias e a prestação de serviços de vinificação e engarrafamento a outros produtores de uva da região.

Para a produção de vinhos tintos, a Adega dispõe de 40 hectares de vinha de Castas Tintas na Herdade da Figueirinha: Trincadeira, Aragonez, Touriga Nacional, Syrah, Cabernet Sauvignon, Tannat, Pinot Noir e Alicante Boushet. Para a produção dos Vinhos Brancos e Espumante, dispõe ainda das uvas provenientes da Herdade das Fontes (situada na zona da Vidigueira) com 42 hectares, onde estão plantadas as castas Antão Vaz, Chardonay e Arinto.

A produção dos vinhos, sob a responsabilidade do enólogo consultor Eng.º Filipe Sevinate Pinto e da enóloga residente Eng.ª Susana Correia, é rigorosamente controlada desde a seleção das uvas até ao armazenamento.

O estágio dos vinhos é feito em cave, em barricas de carvalho francês e americano, nas condições ideais de humidade e temperatura, que posteriormente é engarrafado e mantido em tulhas, para melhor repousar.